Sobre o
Paulinho

  Brasília foi construída a partir de um sonho coletivo. A ideia de uma capital que incluiria todos os brasileiros, que daria oportunidades, que integraria o país. Quem não lembra da tranquilidade de andar pelas ruas, das tardes embaixo do bloco e de lindos espaços públicos? Mas, em algum momento, as coisas começaram a se perder. É por isso que precisamos de gente capacitada e comprometida com a cidade e o Distrito Federal que queremos. Precisamos resgatar o DNA da cidade. Para ajudar a transformar Brasília em uma capital ativa e moderna, com mais oportunidades de empreender, mais segura, eficiente e inteligente. É por isso que assumo esse grande desafio: me candidatar a deputado distrital. Sou um cidadão brasiliense que se preocupa com a sua terra, e que dedicou sua vida a fortalecer a identidade do brasiliense. Assim como você, estou cansado de ver os políticos tradicionais acumularem poder, ao mesmo tempo no qual os cidadãos participam menos da política. Por isso, decidi entrar para política e conto com sua ajuda para, juntos, mudarmos a realidade de todo Distrito Federal.

Reguffe apoia
Paulinho Madrugada
Se eleito deputado distrital, cumprirei todas as medidas sugeridas pelo senador Reguffe - exemplo de ética e seriedade na política brasileira. São elas:
  • • Não aceitar salários extras;

  • • Não usar verba indenizatória;

  • • Reduzir o número de assessores do gabinete de vinte e oito para 9;

  • • Reduzir a verba para o pagamento dos assessores para menos da metade do que é hoje;
  • • Votar contra qualquer aumento de impostos. Se o governo tiver que fazer um ajuste fiscal, que seja na despesa, cortando gastos e tentando ser mais eficiente. E nunca aumentando impostos para fazer o contribuinte pagar a conta;
  • • Não viajar com o dinheiro público;
  • • Todas as emendas ao orçamento serão destinadas exclusivamente para saúde, educação e segurança;
  • • Cumprir o mandato para o qual foi eleito integralmente. Não sair do mandato para ser secretário de Estado ou outro cargo público;
  • • Assumir o compromisso de não indicar ninguém para o governo. Desta forma, o parlamentar terá, realmente, independência para julgar e votar os projetos no plenário. Ou seja, nada de “tomá lá dá cá”. O foco dos votos será a população.
Próximas >
Ideias para o DF
Incentivos para a iniciativa privada como forma de desenvolver nossa cidade tecnologicamente.
Desenvolvimento de livre comércio para gerar emprego e renda.
Fim dos privilégios para políticos, como auxílios, verbas de gabinete, salários extras, etc.
Acabar com o loteamento de cargos e a troca de favores entre governos e organizações da sociedade.
Diminuição da burocracia estatal, especialmente para desenvolvimento da atividade empresarial.
Estímulo ao desenvolvimento de eventos locais/regionais, como forma de incentivar a cultura e o lazer no Distrito Federal.
Maior segurança para que as pessoas possam ocupar a cidade, especialmente à noite.
Maior oferta de transporte como forma de aumentar o bem estar social, além de aumentar o comércio, gerando emprego e renda.
Mande um recado:
Enviar